fbpx
l

Ut wisi enim ad minim veniam, quis laore nostrud exerci tation ulm hedi corper turet suscipit lobortis nisl ut

Recent Posts

    Sorry, no posts matched your criteria.

Image Alt

Crosslink Corneano

Crosslink Corneano

O Crosslink é o mais recente método utilizado para o tratamento do Ceratocone e Ectasias da Córnea, no qual através do uso de uma substância natural chamada Riboflavina a 0,1% (Vitamina B2) que associada à luz Ultravioleta A de 370 um, cria novas ligações entre as moléculas de colágeno da córnea, aumentado sua resistência e rigidez.

A técnica do Crosslink vem se tornando uma opção terapêutica bem menos agressiva que o Anel de Ferrara e o Transplante de Córnea e, o que é fundamental, potencialmente capaz de controlar a progressão do Ceratocone e de Ectasias corneanas pós-cirúrgicas, justamente por agir no mecanismo fisiopatológico da doença, endurecendo a Córnea.

 

Como funciona a cirurgia Crosslink Corneano?
O procedimento é realizado dentro de uma unidade cirúrgica com o paciente deitado ou reclinado sob anestesia tópica, colírio anestésico. Após anestesia, será realizado um debridamento da superfície da Córnea, onde será removida sua camada mais superficial (Epitélio).

O epitélio corneano é retirado através de um processo de raspagem com o uso de um instrumento especial, em seguida serão instiladas gotas de Riboflavina a 0,1% (Vitamina B12) por cerca de 30 minutos, e então, o olho a ser tratado ficará exposto à radiação UVA emitida pelo equipamento de Crooslink por mais 30 minutos, até que a córnea esteja totalmente impregnada.

O colírio de Riboflavina 0,1% tem uma cor amarela e após este período, o paciente é examinado em um microscópio especial (biomicroscópio) com a finalidade de se assegurar que o medicamento foi realmente absorvido pelo tecido corneano.

A seguir, o paciente é colocado deitado sob um microscópio cirúrgico, tendo as pálpebras imobilizadas por um afastador especial (blefaróstato) quando a radiação Ultravioleta A de 370um é aplicada sobre a superfície embebida pela Riboflavina a 0,1% por mais 30 minutos. O pigmento amarelo da Riboflavina absorve a luz ultravioleta A.

Ao término do procedimento, será adaptada uma lente de contato (terapêutica) para a proteção que será mantida por um período de 5 a 7 dias. após a cicatrização do epitélio corneano. E prescrito colírios de antibiótico, anti-inflamatório e lubrificante como tratamento pós-operatório.

A acuidade visual se restabelecerá em 10 dias, sendo que o embaçamento visual poderá cursar com lacrimejamento, fotofobia e vermelhidão ocular.

 

Condições da cirurgia
Devemos esclarecer que o Crooslink não significa a cura do Ceratocone e, sim uma forma de impedir a sua progressão, e também postergar a necessidade de um, eventual, Transplante de Córnea. Este procedimento, também, pode ser realizado em pacientes que já foram ou serão submetidos à Cirurgia Refrativa, portadores de úlcera de Córnea e afinamento corneano.

Pode permitir a melhora da acuidade visual corrigida com óculos e/ou lentes de contato. Em todas essas situações, tem-se o objetivo de aumentar a resistência e o enrijecimento corneano a fim de se evitar a progressão do quadro.